A importância da boa comunicação interna nas empresas

Dentro do conceito de comunicação, vemos que há cada vez mais a necessidade de melhoria na comunicação interna das empresas. 

Quando converso com pessoas que trabalham em organizações de todos os tamanhos e setores e quando lembro da minha experiência empresarial, vejo que a questão dos entraves de comunicação são os grandes problemas empresariais da atualidade!

Há muitas formas de comunicação, porém, não nos comunicamos melhor por isso. Alvin Tofler disse isso uma vez ao afirmar que houve um aumento na quantidade de ferramentas para nos comunicarmos, mas a atenção está cada vez mais dispersa, o que atrapalha muito a efetividade da comunicação.

falhas comunicação empresarialPor que a falta de comunicação tem se tornado o problema número um das empresas?

Sabemos que a comunicação é uma das coisas que nos torna únicos no planeta. Comunicação/linguagem é algo realmente complexo. E são necessários uma série de arranjos para que uma comunicação flua bem.

Comunicação parece fácil, mas não é.

Por exemplo, pesquisas mostram que os problemas de comunicação em empresas estão acima de dificuldades ligadas à permanência das pessoas em seus empregos.

Além das dificuldades de entendimento por causa da falta de tempo, velocidade da informação etc, ainda soma-se ao fato de que há uma falta generalizada de transparência nas empresas.

A falta de alinhamento dos gestores para com os funcionários, dos funcionários para com os gestores e dos funcionários entre si, gera uma “rádio peão” sistêmica que faz com que a empresa perca produtividade e fique envolvida – grande parte do tempo – em picuinhas e questões políticas.

A falta de preparo e transparência nas comunicações transmitidas pelos gestores são problemas graves, pois se há falta de exemplo da liderança, os funcionários não vão sentir coerência e aí uma desconfiança generalizada se instala.

Outro problema que vejo também é a falta de definição de objetivos claros tanto do negócio, quanto dos objetivos do setor e até mesmo o alinhamento dos objetivos da pessoa com os da empresa.

Existem mais problemas, mas vou ficar nesses que citei.

E, afinal, quanto custa a falta de comunicação nas empresas?

Certamente, o custo para cada empresa é altíssimo ou até mesmo incalculável. Há até pesquisas que mostram isso. Mas parece que não precisamos saber a cifra exata dessa conta para termos ideia do estrago.

De forma geral, o maior prejudicado com a falta de comunicação numa empresa é o cliente. Este sim sai lesado quando a sua organização não consegue criar uma atmosfera que incentive o processo de comunicação.

Outro efeito dessa questão da falha sistêmica de comunicação pode levar a rotatividade de pessoal. Ou seja, se há turnover fora de controle na sua empresa, tenha certeza que uma das grandes causas disso é a falta de uma comunicação eficaz.

A falta de comunicação, na maioria das vezes, significa que os funcionários estão sem um direcionamento relacionado ao que eles deveriam estar fazendo.

Como é possível fazer o seu trabalho se os objetivos não são claros, nem mesmo para a sua função e se há um clima de desconfiança da gestão o tempo todo, pois ela não conversa direito?

Abaixo, deixo uma contribuição para ajudar você a focar na solução e não no problema. Não é a verdade absoluta, apenas um indicativo que tenho:

falta de comunicaçãoSoluções para a melhoria interna da comunicação

  • Crie um código (simples) de comunicação: esse código consiste em criar de forma participativa com as equipes, algumas linhas de coisas que a empresa não aceitará mais em termos de má comunicação. Isso deverá ser um acordo de conduta. Por exemplo, pode expressar como será o tratamento entre as pessoas nas regras básicas (ex. bom dia, boa tarde, obrigado…)
  • Estabeleça canais abertos de diálogo: começando pela alta gestão até as outras gerências, é preciso que eles tenham as portas abertas para ouvir sinceramente. De nada adianta ter um acordo que conduta de comunicação, se as pessoas não tiverem incentivo ou não puderem se expressar.
  • Transparência: Esforço conjunto de líderes em tornar a comunicação excelente, trabalhando estrategicamente. Esse grupo pode ser responsável por alinhar as coisas com o RH e outros setores. Há uma necessidade de que as pessoas vejam claramente quais são os motivos da empresa e tenham disponíveis as informações de que elas precisem para decidirem confiar na organização.
  • Objetivos claros e compartilhados: Parece clichê, mas ainda é uma falha grave das empresas não ter claro para onde se vai. As vezes, esses objetivos se fazem presentes, mas não são reafirmados ou colocados em prática. As pessoas devem participar dos objetivos e quando eles mudarem, devem estar a par disso.
  • Ofereça feedback constantemente: Ah, o feedback… nunca se falou tanto nisso também. Dá pra escrever outro post sobre isso (há algo que escrevi aqui). Mas em geral, a falta de retorno sobre como estamos desempenhando nossas tarefas ou como estamos nos direcionando na empresa, prejudica bastante a nossa comunicação na medida em que quando não sabemos como estamos, há uma confusão entre os objetivos pessoais e organizacionais.

Bom. É isso.

Nesse post, tentei fazer uma reflexão sobre o papel da comunicação efetiva no ambiente de trabalho. A comunicação interna bem feita não é uma tarefa fácil. Ela depende de muito esforço e é um processo contínuo.

Por ser algo difícil, deve ser acompanhado e mensurado para o bom desenvolvimento da empresa. Penso que é algo que nunca devemos considerar que estamos “bons o bastante”.

Tudo passa pelos objetivos e valores da organização. Um teste disso é quando os gestores máximos não estão na empresa ou por perto. Se as pessoas sabem para onde vão, tem mais chance delas seguirem grande parte do caminho sozinhas, por esse direcionamento.

Havendo uma atmosfera de confiança e reciprocidade, as pessoas notarão o esforço da organização em se fazer entender e tenderão a acreditar no que a empresa fala, no que ela promete, no seu produto e na promessa do que o seu produto faz ao cliente.

Vamos juntos?

Deixe seus comentários abaixo e contribua para que essa reflexão alcance mais pessoas \o/

 

Aprenda como ter ganhos na internet mesmo que você não saiba NADA de marketing digital!

Danilo Mota

Danilo Mota é professor e um empreendedor digital com a missão em ajudar pessoas a conseguir mais resultados através da internet.

Website: http://www.superedesafios.com.br

4 Comentários

  1. Maico Pagani Roncatto

    Show. Quando maior a empresa, mais distante fica o relacionamento. E isso pode afetar todo o processo entre setores e filiais. Deveríamos praticar isso todos os dias.

  2. Claudio Amorim

    Prof Danilo Mota é um profissional extremamente crítico, voluntarioso, dinâmico e merece que seus estudos sejam compartilhados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *