Bem-vindo ao novo marketing

o novo marketingTrês propostas para um novo tempo

Já faz algum tempo que a gestão passa por um período de inflexão. E com o marketing não é diferente: um novo jeito de fazer marketing está emergindo nos mares dos negócios.

Há coisas bem recentes sendo aplicadas, que têm se mostrado excelentes abordagens para a velha tarefa de marketing de antecipar, conquistar e fidelizar o cliente. Vou me ater nesse texto a três direções que vejo, estão se destacando:

  • Marketing de propósito (Purpose Driven Marketing)

Começando pelo Marketing direcionado ao propósito. Esse conceito ganha sentido na medida em que a sociedade cobra das grandes empresas que elas tenham uma causa para defender, que estejam alinhadas a princípios. A marca deve se conectar com o seu público-alvo com base nos interesses pessoais e compartilhados das pessoas, envolvendo a defesa de uma causa.

A ideia então é oferecer conteúdos que não apenas envolvam o público, como também os façam participar de uma campanha mostrando que a marca também defende aquele propósito/causa.

Isso é mais relevante quando se observa gerações mais novas, como os Millenials, Uma pesquisa afirma que, 91% deles afirmam que mudariam de marca para uma associada a uma causa. Nesse sentido, 6 em cada 10 Millennials afirmam que um sentido de propósito é um dos motivos que os levaram a trabalhar nas empresas em que trabalham.

  • Marketing de conteúdo (Content Marketing)

O Marketing de Conteúdo é o combustível do Inbound Marketing. Então, imagine um consumidor atual, com a necessidade de comprar um notebook ou um tablet. Ou imagine até mesmo, uma pessoa com um problema de colesterol alto.

Onde ele procura se informar sobre uma compra ou um problema de saúde que ele tenha? Adivinhou, na internet. E quem sairá na frente? A marca que oferecer conteúdos ricos, atemporias e relevantes para o público-alvo.

O Marketing de Conteúdo concentra-se no desenvolvimento e entrega de conteúdos de valor para o cliente, que o ensine, que o faça enxergar que aquele conteúdo e por fim o produto, é a melhor opção para ele.

  • Marketing de entrada (Inbound Marketing)

O Inbound Marketing, ou marketing de entrada ou de atração, simboliza o estado da arte do marketing moderno. A maior autoridade no mundo nessa abordagem é a Hubspot. Essa estratégia consiste numa sequência de ações visando Atrair, Converter, Fechamento e Encantamento (Reter o cliente). A ideia é transformar desconhecidos (prospects) em “Leads”, depois em clientes e depois em fãs.

O foco principal do Inbound é produzir e compartilhar conteúdo atraente utilizando formatos como:

  • Publicação de posts cativantes em blogs;
  • Ebooks e Whitepapers;
  • Divulgação de infográficos;
  • Webinars, Poscasts e fóruns online;
  • Vídeos online;
  • Guest Posting e questionários;
  • E-mail marketing;
  • Conteúdo em mídias sociais;
  • SEO.

Uma diferença básica do Inbound é a não interrupção do cliente, ao contrário do marketing tradicional (Outbound Marketing). O foco do Inbound é a conquista, a sedução, não pela força, mas pela persuasão de convencer o público-alvo de que sua empresa é a melhor opção para o cliente.

Outra característica do Inbound é usar as ferramentas digitais para atrair o consumidor certo. Isso evita você atirar para tudo quanto é lado. E o melhor de tudo, a mensuração é muito rápida e a possibilidade de mudar o rumo, caso algo não esteja dando certo é muito grande. Isso facilita a vida do marketing das empresas e gera menos custo.

Há mais outras vantagens e as comento no vídeo abaixo.

Bem, neste artigo, eu quis chamar a sua atenção para o fato de que como o mundo passa por uma grande mudança. Por conseguinte, o marketing vem sofrendo também com essas alterações. Então, caso queira ir se aprofundar mais, fique sempre comigo aqui no blog ou abra os links que disponibilizei no decorrer desse post.

Um novo caminho

Mas afinal, qual caminho seguir? Baseado na minha experiência e no que tenho visto, aplicado em aulas etc, vejo que a mudança de mentalidade tem sido o maior desafio para que o que se chama de “novo marketing” venha à tona.

Essa nova mentalidade, perpassa até o próprio marketing, pois a maioria dos profissionais ainda não se atentou para as mudanças que estão ocorrendo (veja este relato). Depois, os próprios empresários, pelo que tenho visto, ainda não viram o potencial das ferramentas do novo marketing.

Mas o bom é que isso também traz oportunidades. Com certeza, aqueles que estão antenados, seja pessoas ou marcas num conjunto, terão um oceano azul pela frente. Se a marca aproveitar para conhecer, aplicar/testar e mensurar as novas ferramentas de marketing, terão vantagem competitiva considerável, acredito.

Exemplo disso são empresas que começaram de forma disruptiva para o mercado como o Uber e a Airbnb. Essas empresas, começaram totalmente digitais e estão mudando a sua indústria.

o novo marketingExemplos de empresas menores, nascidas no modelo de garagem como a Muzzicycles e projetos de educação inovadora são provas notórias de que entender as mudanças no comportamento do consumidor e atuar com a cabeça aberta a novas ferramentas de marketing, é um bom e viável caminho.

Finalmente, há outras ferramentas impactando o marketing como o Design Thinking, Modelagem de Start-ups, o Growth Hacking (já relatado aqui no blog) entre outros, mas isso fica para um outro artigo.

Espero que esse conteúdo tenha sido “Uau” para você. Se sim, compartilhe com quem alguém que você acha que será relevante ler.

Vamos em frente!

 

 

Milhares de Pessoas Estão Conseguindo Vender Todos os Dias Usando Apenas o Perfil do Facebook!

Danilo Mota

Danilo Mota é professor e um empreendedor digital com a missão em ajudar pessoas a conseguir mais resultados através da internet.

Website: http://www.superedesafios.com.br

4 Comentários

  1. Rosangela

    Muito bom o artigo, e uma excelente reflexao para o futuro empreendedor.

  2. Benadade Aguiar

    Assim como outros setores o marketing vem se transformando constantemente, e um grande desafio dos profissionais é a aceitação das inovações por parte de seus empregadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *