A imagem pessoal na sua apresentação de TCC

Apresentação de TCCDicas práticas para você se dar bem na sua apresentação

A imagem pessoal é como as pessoas te veem, ou seja, como você está representado diante das pessoas.

E para quem vai apresentar uma monografia ou TCC, isso é um detalhe MUITO importante.

Segundo uma pesquisa, a imagem pessoal/corporal corresponde a 51% da sua performance numa apresentação e numa defesa de TCC, isso não é diferente!

Por exemplo, nesse tipo de apresentação, você não pode fazer movimentos fora do padrão. Pois suas expressões devem estar de acordo com o que você está falando, formando uma sintonia e passando segurança para a banca.

O que indico

A melhor forma de testar se a sua imagem pessoal ou a sua linguagem corporal está precisando de melhorias, é fazer exercícios. Você pode por exemplo gravar a sua apresentação e depois ver o próprio vídeo.

Adicionalmente, você pode pedir um feedback sincero a algum amigo ou mesmo ao seu colega de TCC, se for o caso.

A dica aqui é que todos que puderem sinceramente contribuir, será de grande valia. 

Entenda que a oratória é um processo e você deve ter em mente que a preparação é o fator mais importante, que vai determinar o seu resultado. Sobre isso, veja esse artigo aqui que escrevi.

Nos seus ensaios, avalie como você está se expressando, como mãos, braços cruzados, a movimentação etc.

E tem mais

É importante falar também dos elementos principais que forma a sua imagem pessoal na hora da apresentação, como é o caso da movimentação de palco.

Sobre a movimentação, ninguém gosta de um apresentador que fique parado demais. Isso sinaliza falta de entrosamento, de domínio de palco.

A sua postura também é importante e você deve se atentar a ela. Basicamente, a postura é a posição do corpo, no caso a posição ereta, tanto para homens quanto para mulheres.

Quem fica numa postura muito encurvada, com ombros caídos ou expressão fechada, não passa confiança e isso vai atrapalhar a sua defesa.

Expressões corporais, como os gestos, se não observados também pode ser dramático. Um exemplo clássico é ficar com as mãos nos bolsos, o que denota uma defesa ou medo da platéia.

Outra coisa é esconder as mãos, por exemplo colocando-as atrás do corpo o tempo todo. Isso transmite falta de confiança (uma pesquisa demonstrou isso aqui).

Outro detalhe é a vestimenta. Procure saber antes com a sua Faculdade/Universidade, qual é a roupa mais adequada para a sua defesa.

Se o seu curso permitir, você pode até usar uma roupa mais informal, mas tenha anuência do seu coordenador ou professor orientador, por exemplo.

Na maioria das bancas que participo (veja aqui o que a banca avalia), vejo que muitos alunos não se preocupam com a questão da roupa. Porém, vejo que isso faz diferença pois cria uma perspectiva diferente em quem está assistindo, pois gera mais credibilidade.

Outra coisa é que quem está mais bem vestido, costuma ter a sua autoestima elevada, ou seja, contribui de modo geral para a apresentação bem-sucedida.

Se puder, vá com a sua melhor roupa. Homens de terno e se possível gravata e mulheres com roupas formais, um terninho etc.

No próximo artigo, falarei mais sobre isso. E para facilitar ainda mais, veja esse vídeo onde comento essas questões discutidas aqui nesse artigo.

Se esse material te ajudou, não esqueça de compartilhá-lo com seus amigos.

E caso tenha alguma dúvida, deixe nos comentários abaixo ok?

Até a próxima.

Danilo Mota

Danilo Mota é professor e um empreendedor digital com a missão em ajudar pessoas a conseguir mais resultados através da internet.

Website: http://www.superedesafios.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *